7 Dicas para o 1º dia de aula na Educação Infantil


O primeiro dia de aula na Educação Infantil é provavelmente o mais importante de todos para os pequenos. Também com relação à escola, pode-se dizer que em certa medida a primeira impressão é a que fica.

É um momento desafiador, já que o infante muito provavelmente pela primeira vez estará longe dos pais e rodeado por pessoas estranhas e experimentará, como nunca antes, sensações de timidez, medo e insegurança.

Por isso, professores, dirigentes escolares, equipe de apoio, pais, todos devem se envolver e se preparar para proporcionar à criança a melhor experiência possível no início de sua vida acadêmica.


Aqui vão 7 dicas para tornar o primeiro dia de aula dos pequenos um momento positivamente marcante:


1. Invista na preparação. Um dos erros mais comuns nessa transição na vida de gente pequena é a falta de planejamento e de preparação, que implicam choque abrupto na rotina da criança. Os pais precisam investir tempo para conversar com o infante sobre a experiência que se aproxima e antecipar cenários. É importante que a criança visite previamente a escola e comece a estabelecer relações de confianças com o staff da instituição.


2. Mostre empatia. Não perca a paciência se a criança chora, faz pirraça e resiste ficar na escola. São reações absolutamente normais, que precisam ser respondidas com manifestações de carinho e empatia, para que o pequeno se sinta seguro e tranquilo. Em situações mais extremas, a mamãe, o papai ou um irmãozinho deve acompanhar o infante nesse primeiro momento na escola até que se ambiente ao novo contexto. Assim a transição será mais suave.


3. Evite rupturas. Se a criança quer levar consigo um objeto ou brinquedo no primeiro dia de aula, não o impeça. É uma estratégia que ela pode utilizar para preservar vínculos sensoriais e emocionais com elementos que remetem ao aconchego do lar. Aos poucos, o infante vai se habituar ao novo ambiente e às novas companhias e aprender a tirar proveito dessa diversidade.


4. Redobre a atenção. É possível que a criança se envolva em conflito com coleguinhas de sala e que haja agressões entre eles. Esse tipo de ocorrência pode causar traumas e dificultar a adaptação do pequeno ao espaço escolar. Por isso, é essencial que a professora e a equipe de apoio tenham atenção redobrada para assegurar a proteção necessária ao infante.



5. Enfatize brincadeiras. Criança gosta mesmo é de brincar. O primeiro dia de aula deve ser recheado de brincadeiras para envolver os pequenos e propiciar abstração das tensões do momento. Essas atividades também podem ser manejadas para promover a aproximação entre as crianças e entre elas e a professora.


6. Conte historinhas. Outra estratégia que funciona bem no contexto do primeiro dia de aula é a contação de histórias, especialmente se for rica de recursos pedagógicos, como fantasias, efeitos especiais e ainda objetos e figuras de ilustração.

A professora Vanessa Alves usou secador de cabelo para emular o sopro do Lobo Mau na história dos Três Porquinhos

7. Registre o momento. No primeiro dia de aula, não podem faltar atividades que propiciem o registro desse momento tão especial em foto ou vídeo. São imagens que não podem faltar em álbuns ou documentários da vida acadêmica dos pequenos.*


Edvaldo Fernandes da Silva

Doutor em Sociologia, Mestre em Ciência Política, jornalista, advogado, professor de Educação Básica (1991-1996), professor universitário e cofundador da Rede Pedagógica.

3,659 visualizações3 comentários
Icon_faça-parte-3.png
Sem título-9.png
Icon_EAD-3.png
Botão_idiomas.png

(31) 3913-9939

Icon_Instagram.png
Icon_Facebook.png
Icon_Youtube.png
Icon_WhatsApp.png
Icon_Twitter.png

(31) 9300-6486

whatsapp.png

©2020 by Rede Pedagógica.