Qual o melhor método de alfabetização?


Essa parece ser uma discussão que não tem fim. De um lado, educadores defendem métodos silábicos, silábico-alfabéticos; do outro, defensores do método fônico e suas variações: fônico-construtivista, etc.


A verdade é que alfabetizar não é algo que possui uma fórmula pronta. Considerando a heterogeneidade das salas de aula e a dinamicidade necessária ao processo de ensino, torna-se impossível praticar um método só com os estudantes.


O professor alfabetizador deve estar atendo a todas as possibilidades para a realização de um trabalho que vá ao encontro das expectativas do alunado.


As crianças têm facilidade de aprender, seja qual forem os métodos e técnicas. Um processo de alfabetização só não pode prescindir da ludicidade, considerando a etapa que os aprendizes estão vivendo, a infância.


Você concorda?


Como é o seu jeito de alfabetizar, professor@?

680 visualizações
Icon_faça-parte-3.png
Sem título-9.png
Icon_EAD-3.png
Icon_Idiomas-3.png
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • Twitter

(31) 3913-9939

(31) 9300-6486

whatsapp.png

©2020 by Rede Pedagógica.